07 maio 2015

O que fazer na adolescência

Tenho 18 anos e estou cursando o primeiro período da faculdade. É inevitável ficar reflexivo quando se está nessa fase. No ensino superior você encontra com os mais diversos testemunhos de vida, alguns começando, outros, recomeçando. Sem dúvida que nunca é tarde para estudar ou investir no profissional, mas estou aqui para te dizer que você não vai querer deixar isso para depois.

Alguns anos atrás li o livro Radicalize que é basicamente um desafio à atual juventude a fazer algo de relevante no mundo e não corresponder à expectativa da sociedade de que adolescentes são estúpidos, imaturos e rebeldes. Quando li fiquei um tanto emocionada e até pensei em radicalizar mas não me importei muito. Eu gostaria de ter dado mais atenção à proposta do livro e peço que não repita meu erro. Não apenas leia esse post, tente dar atenção. 

Indo direto ao ponto

Sua adolescência não é para não é para conflitos amorosos, nem para ficar bonitão, nem para entrar em depressão, ficar loucão e muito menos para se afogar na mediocridade. Eu sei que incomoda ler isso, e incomoda pois é verdade. Sua adolescência é para descobrir seus talentos, fazer cursos, cultivar hobbies, fazer algo de relevante na sociedade. Você nunca mais terá tanto tempo livre ou tanto vigor quanto tem agora.

Leia a construção histórico-social do termo "adolescência" explicado pelo wikipédia:

A ideia de que a adolescência é uma fase qualitativamente diferente da infância e da idade adulta tem sua origem já na antiguidade. A base sócio-política dessa diferenciação só surgiu, no entanto, com a transformação das estruturas sociais ocorrida em fins do século XIX que permitiram que os jovens (adolescentes) fossem retirados do mercado de trabalho para frequentarem a escola e outras instituições educacionais. (...) O aumento da complexidade das funções e papéis a serem exercidos na idade adulta levam a um aumento progressivo dessa fase de formação.
Isso quer dizer que nem sempre existiu adolescência, antes uma menina que já podia ter filhos já era preparada para casar, hoje as necessidades são outras. Você está em um mundo competitivo que requer qualificação, deveria estar se preocupando mais com isso do que está. Infelizmente a mídia e a sociedade acabam por nos fazer focar em coisas que não são importantes, e isso não acontece só na adolescência. Mas estou aqui solidariamente te dizendo o que é: O importante é fazer agora algo que contribua para o seu futuro, tanto profissionalmente, como espiritual e fisicamente.

Minha Experiência

Durante o ensino médio tive oportunidade de estudar inglês, era cansativo ir pro curso e pra escola mas valeu totalmente à pena. Ainda nem domino totalmente a língua e já colho os frutos de ter o mínimo de conhecimento dela. Durante minha adolescência me dediquei às coisas da igreja, especialmente à dança. Escolhi ter uma vida de paz comigo mesma e com todos à minha volta, então evitava conflitos desnecessários; escolhi ter caráter. Como hobbie escolhi a literatura e li quase 100 livros.  

Sou muito feliz pelas decisões que tomei, mas ainda assim poderia ter feito muito mais coisas. Ou não ter feito. Poderia ter passado menos tempo na internet, ter estudado os conteúdos da escola de forma mais proveitosa e não por obrigação, poderia ter feito ainda mais coisas na igreja, ter aperfeiçoado meu inglês, poderia ter um blog mais trabalhado, ter mais algum curso e ter lido mais livros. Entende aonde quero chegar? Não?

Aonde quero chegar 

A adolescência é o melhor período para investir em você mesmo. Evite dramas e problemas, mostre que não é por ser jovem que você é idiota, seja diferente e não tenha vergonha disso. Não seja influenciável, seja cabeça. Faça algo de relevante. Repito, pense no seu futuro, a hora é agora. Seria  diferente se eu houvesse escrito isso baseado no que eu acho, essa não é só minha opinião ou o que vivi, é o que aprendi com outras pessoas. É um  fato.

Na vida há tempo para tudo, se você for sábio saberá que a adolescência é o tempo de construir bases sólidas, para depois erguer a casa.

...Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes... (1 jo 2-14)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

As opiniões expressas nos comentários não refletem a opinião da autora deste blog e são de exclusiva responsabilidade de quem os escreveu.

Se quiser fazer contato de outra forma vá na página contato.